O segundo volume do Guerreiro Psíquico está disponível desde dia 05 de Julho de 2013.

   

Veja abaixo o video de apresentação do livro.

Opinião do Livro - "Goodreads"

O Guerreiro Psíquico" leva-nos a uma população medieval refugiada dos maldosos Vatang (...)

(...) "O Guerreiro Psíquico" é uma excelente obra de fantasia que proporciona ao leitor um momento de leitura descontraída e emocionante (...)

Leia mais.

Opinião do livro - blog "Leitura Não Ocupa Espaço"

Opinião do livro publicada no blog "Leitura Não Ocupa Espaço":

(...) Nessa população existe um jovem ferreiro de nome Aron, cujo sonho é ser um telepata, até que um dia um emissário do Templo da Voz da Mente chega à sua aldeia remota em  "busca" de outros telepatas, para  a ele se juntarem na luta contra os Vatang, partindo para a missão de encontrar as duas armas que porão fim ao conflito: O Guerreiro Psíquico e O Cristal Telepático.

(...) "O Guerreiro Psíquico" é uma excelente obra de fantasia que proporciona ao leitor um momento de leitura descontraída e emocionante.  Fiquei admirada com ...

Leia mais

Entrevista com o Blog "O Nosso Mundo Sobrenatural"

O Bog "O Nosso Mundo Sobrenatural" fez uma entrevista com o autor do Guerreiro Psíquico:

1º Fale-nos um pouco de si, o que faz, o que gosta e detesta.

Na verdade não gosto muito de falar de mim, porque acho que o que é importante é o livro e não o autor, mas aqui vai. Gosto de ler livros, ou de ver filmes, de área do fantástico e da ficção científica, que dentro dos seus géneros, conseguem abarcar quase todos os temas da vida humana, desde a aventura até ao amor, passando pelo conflito social. Gosto de caminhar e refletir enquanto caminho. Acho que se não pararmos para pensar na nossa vida, os erros vão-se repetir inevitavelmente. Não conhecemos tanta gente que repete os mesmos erros? Se não refletirmos, vamos sendo conduzidos, ou empurrados na vida, pela enxurrada de acontecimentos, em vez de marcarmos o nosso rumo e nem nos apercebemos que estamos à deriva na corrente. Chegamos mesmo a insurgirmo-nos se alguém o salienta.

Uma coisa que me incomoda é a maldade das pessoas. A facilidade com que pisam nos seus semelhantes, ou a maneira como se fazem passar pelo que não são. Outra coisa que me incomoda é ver os animais mortos à beira da estrada. Não consigo deixar de pensar que até para se ser animal é preciso ter sorte.

2º Uma vez que vamos falar um pouco de livros, de que género gosta?

Leia mais

Pequeno excerto inicial do livro

    Aron estava a trabalhar na forja de ferreiro com uma dedicação particular. Em vez das ferraduras dos cavalos, ou das ferramentas de pesca ou lavoura, mais comuns, estava a fazer uma espada, recorrendo a um conhecimento recém recebido. Usou o fole para aumentar a temperatura da forja. A futura espada estava ao rubro e o calor da fornalha quase lhe queimava a ...pele. Satisfeito, pegou-a com a tenaz e dirigiu-se para a bigorna atrás de si. Estava perfeitamente concentrado a bater-lhe cuidadosamente com o martelo, quando o seu irmão de 15 anos, um ano mais novo, entrou de rompante.

    – Já sabes das novidades? – perguntou ele muito exaltado, procurando fazer-se ouvir por cima das marteladas.

    – Quais novidades? – ripostou Aron, aborrecido por ter sido interrompido no seu trabalho, mas sem tirar os olhos da sua preciosa espada, ou de parar de malhar no ferro quente. Se havia uma coisa de que ele não gostava, era de ser interrompido, quando estava concentrado num trabalho importante.

    – Sobre quem chegou à aldeia! – exclamou Celic já impaciente.

    – Não sei de nada – informou Aron endireitando-se para uma pausa no uso do martelo, enquanto apreciava a sua obra. Aron era um jovem de 16 anos com boa aparência. Os seus olhos castanhos condiziam com o cabelo preto e tinha uma altura média, com uma musculatura bem desenvolvida do trabalho de aprendiz de ferreiro. Usava umas calças verdes escuras e uma túnica castanha até meio da coxa, apertada por um cinto largo. Por cima das roupas estava colocado um avental protector. Focou os seus olhos magnéticos em Celic e, sem emitir um som, fez um ar interrogativo.

    – Chegou um telepata do Templo da Voz da Mente!
 

Leia mais

Opinião do livro - blog "O Nosso Mundo Sobrenatural"

Opinião do livro publicada no blog "O Nosso Mundo Sobrenatural":

É sem dúvida uma história totalmente diferente, do qual estamos habituados a ler, de leitura fácil e envolvente, que cativa a nossa atenção ...

Leia mais

Lançamento do Livro

O livro foi lançado dia 28 de Abril de 2012, pelas 18:00, na Fnac do Colombo.

Procurar na página

© 2011 Todos os direitos reservados.