Bem-vindo ao nosso Site

Este site foi lançado com a finalidade de apresentar o livro "O Guerreiro Psíquico" e a página "Apresentação" é especialmente dedicada a isso, onde, entre outros assuntos, até podem ler um pequeno excerto inicial do livro. O site apresenta, na "Galeria de Fotos", algumas fotos que serviram de inspiração para os locais indicados no livro. No "Fórum", os visitantes podem trocar impressões entre si, sobre o tema do livro. Finalmente, no "Livro de Opiniões", deixe um comentário ou opinião sobre o livro.

Nota aos visitantes

Todas as semanas iremos apresentar algo de novo sobre este livro, ou sobre a continuação.

Video de apresentação do livro

Veja o video de apresentação do livro aqui.

Pode receber o seu exemplar em casa, sem pagar portes e com desconto. Saiba como!

Nota Semanal

    Esta semana apresentamos um pequeno trecho do 2º volume:

 

Aron observou a decoração da porta que não era uma simples porta lisa como estava habituado. Entraram para a sala e Aron suspendeu a respiração. Estavam numa sala enorme graciosamente decorada. Ao fundo estava uma cadeira grande onde estava sentada uma mulher dos seus trinta e cinco anos com um vestido amarelado até aos pés. Tinha a cabeça coberta por um véu, como se fosse um capuz, que descia completando o vestido. Na sua testa brilhava um cristal telepático à semelhança do de Guiliam. À sua volta estavam dois homens também com um cristal na testa. As suas roupas eram leves e todos estavam bronzeados. Os homens, à semelhança de Guiliam, tinham um cinto largo que segurava uma túnica que fechava cruzando uma aba sobre a outra.

Os companheiros aproximaram-se e Aron viu de imediato os cristais amarelados deles a luzirem. Estavam a ser sondados por eles.

– Esta é a Sirita, instrutora chefe, do Templo de Larimar – apresentou Guiliam com um gesto de reverência.

Sirita levantou-se enquanto outro homem entrava por uma porta lateral.

– Três? – deixou ela escapar cravando os olhos em Guiliam. – Três? – repetiu levantando a voz completamente confundida.

Os companheiros olharam para Sirita bastante espantados. Ela era alta e bonita e parecia mais alta, pois a cadeira estava em cima de um estrado.

Procurar na página

© 2011 Todos os direitos reservados.